Estreou ontem na Netflix mais um original, o filme A Babá. Um filme perfeito para este mês que celebra o dia das bruxas e coisas do tipo que dão medo, e um bom filme para acrescentar em sua lista de maratonas.

Dirigido por McG o filme tem uma proposta sombria com um tom de comédia, é quase como se fosse um Esqueceram de Mim só que um pouco mais sério. Na trama Cole (Judah Lewis) é um garoto de 12 anos que não tem amigos e é motivo de piada na escola, e, que ainda tem uma babá. Bee (Samara Weaving) é  sua babá e também sua amiga, ou quase isso. Em uma noite em que Cole decide ficar acordado para espiar o que ela apronta após ele dormir e então ele descobre o grande segredo de Bee: Ela é satanista e faz cultos e sacrifícios com pessoas inocentes com ajuda de amigos.

É claro que Cole é pego por Bee e seus amigos que estavam ali, mas determinado a não morrer naquela noite o garoto faz de tudo pra se manter vivo até o dia amanhecer.

O filme é divertido e bem montado, em cenas que são tensas você ri (de nervoso) e os atores com certeza foram bem escalados para os papeis (tipo, a líder de torcida, o bonitão, o esquisito, a estranha e o nerd). Não podemos deixar de notar que o filme faz referencia a filmes como o Scary Movie, só que este é legal.

A Babá é um filme que converge entre a sátira e o sério e da certo. Claro, não é um filme pra ser levado a sério, e sim um filme pra você assistir, rir, se assustar e indicar pra seu amigo.

A Babá está na categoria Terror e Comédia da Netflix, então pode assistir sem medo.