Um suspense de tirar o folego.

SEM SPOILER. Chega aos cinemas esta quinta o misterioso Rua Cloverfield, 10 do produtor J.J Abrams. Eu particularmente aguardei muito para ver o longa, e abaixo você confere o veredito!

Durante o intervalo do Super Bowl deste ano, a produtora Bad Robot pegou o mundo todo de surpresa ao divulgar o trailer de Rua Cloverfield, 10 porque até então NADA havia sido divulgado sobre o longa. O que seria? Uma continuação de Cloverfield – Monstro? Ou apenas um filme novo sem nexo com este? Alguns dias depois mais um trailer foi divulgado, e vimos que o filme seria uma possível sequencia de Cloverfield Monstro, mas é ai que todos se engam, o filme é uma antologia! Ou seja, não tem ligação com os personagens ou qualquer coisa do primeiro, apenas a temática permanece. Mas então o que esperar?

Neste, depois de um acidente de carro, uma jovem acorda no porão de um homem que diz ter salvo a sua vida de um ataque químico que deixou o mundo lá fora sem condições de ser habitado.

rua cloverfield 10

A jovem Michelle (Mary Elizabeth Winstead) sofre um acidente de carro e acorda em um local totalmente desconhecido, ao tentar escapar, um homem chamado Howard (John Goodman) que está no local diz a ela que ela esta presa ali, em um abrigo contra o apocalipse. É isso o que ele diz, mas será que é verdade? Para piorar a situação da moça ela descobre que eles estão sem comunicação com o mundo lá fora. Na trama está também Emmett (John Gallagher Jr.)

SAIBA O QUE SIGNIFICA CLOVERFIELD!

O filme é uma produção de estreia de Dan Trachtenberg, que soube muito bem misturar um suspense psicológico –aquele do tipo que faz você afundar na poltrona sem perceber– com um toque de ficção; a maior parte do longa se concentra nos três personagens principais, na confiança e convivência.

rua cloverfield 10 2

Você não sabe o que está acontecendo! Nós somos Michelle, assim sentimos, ela esta perdida com medo e sem saber o que fazer, ela consegue transmitir toda sua tensão pra quem a vê.

Mas o que está acontecendo lá fora? Ao acordar neste abrigo, ela conhece Howard que afirma que o mundo exterior está contaminado por conta de uma bomba química, e se eles saírem todos morrem, a decisão dela acreditar ou não dá o cancho para a trama.

A edição e trilha ajuda muito na construção do suspense e aflição durante o longa, a determinação e força de vontade de Michelle nos convence a ajuda-lá a a fugir, e ter muito medo de Howard (palmas para atuação de John Goodman).

Não precisa assistir Cloverfield – Monstro para entender este, o filme funciona muito bem sozinho e até se classifica como melhor! E para quem viu Super 8, não pode deixar de reparar no posto de gasolina…

Um elenco perfeito para a situação, um filme de suspense ótimo (por se vender como ficção – monstro – podemos considerar melhor que muitos que se dizem do gênero) e uma direção digna de elogios, ainda mais por ser a primeira de Dan. Vale o ingresso, a pipoca e uma volta pra ver com o amigo!

7 de Abril nos cinemas!