SEM SPOILER: Chega aos cinemas amanha, finalmente, Batman V Superman – A Origem da Justiça. Nós já vimos e abaixo você confere o que achamos.

Temendo as descontroladas ações de um super-herói quase Deus, o forte e formidável vigilante de Gotham City assume o papel do reverenciado salvador de Metrópolis, enquanto o luta para decidir qual tipo de herói que realmente precisa. E enquanto Batman e Superman estão em guerra, uma nova ameaça surge rapidamente, colocando a humanidade em um perigo nunca antes conhecido.

A batalha mais esperada do ano? Será? A emoção de ver Batman e Superman juntos em uma tela IMAX é sem igual, uma expectativa enorme era esperada por mim ao ir ver o longa. Afinal, escolhi um um lado assim como todos (Team Superman here) e fui presenciar o desfecho.

Trailer após trailer divulgado durantes os meses que se passaram nos fizeram questionar qual o ponto alto do filme, sabendo do pé atras da Warner e a da DC em alavancar o filme para ser a base dos futuros filmes baseados nos quadrinhos, sem inovar talvez tenha sido somente a introdução do que esta por vir, assim espero.

Alguns furos no roteiro nos deixaram em duvida durante o desenrolar do filme, que se perdeu em alguns personagens apresentados, o que acaba gerando certa confusão em alguns acontecimentos. Um filme que tenta soar adulto demais durante todo o tempo com algumas cenas até desessenciarias para a trama, que enfatizou demais a dupla protagonista e nos apresentou a Mulher Maravilha, nosso folego. E, acabou deixando nosso vilão sem glória. Um filme sem mais.

Jesse Eisenberg, não funciona como Lex Luthor. Sem muita justificativa, o vilão apenas quer ver tudo explodir. Uma atuação não muito convincente do ator acaba deixando o personagem descartável.

Como dito acima, Gal Gadot as Mulher Maravilha foi a que teve seu destaque maior nesse meio, a que nos deu aquele folego. A bela surge para trazer esperança ao filme e surpreender a dupla com sua glória e convicção, nos passando realmente sua identidade de heroína forte e digna; revelando ser realmente uma Mulher Maravilha!

mulher maravilha

Pelo menos ela me fez sair da sessão e pensar em algo: Não vejo a hora do filme solo da Mulher Maravilha.

Mais um filme de super-herói para ver no cinema, vale ver, se for em IMAX. Afinal todo filme apresentado nesta tela ganha um pouco de vantagem.

24 de março nos Cinemas | Verifique a Classificação Indicativa.