Olá tropa!
Nesse primeiro post, resolvi me apresentar. Na verdade, nos apresentar. Eu, o Thiago Barros, e o protagonista dessa série, o Tk-Beer, o Stormtrooper que você passará a acompanhar por aqui. O Junk Wars surgiu em uma bebedeira em São Paulo, eu estava com uma long neck em uma mão e uma action figure do Obi-Wan na outra. Era um modelo dele com a armadura Clone, e a garrafa de uma edição com nomes de cidade, estava com a ‘Rio de Janeiro’. Removi algumas partes da armadura, o deitei ao lado da garrafa, pensei na legenda ‘bebedeira no Brasil’ e assim surgiu a primeira foto juntamente com o vislumbre de um criador de conteúdo, colecionador de itens Star Wars. Na hora me encantei com a foto e pensei, é isso, um Instagram com fotos de momentos engraçados por conta de bebida. E como se a Força estivesse ali comigo, já veio o nome a minha cabeça ‘Junk Wars‘. Voltei para Curitiba com a ideia na cabeça, abri pela primeira vez na vida uma cartela de colecionável (que sensação estranha tirar da caixa), peguei minha velha câmera empoeirada e voltei para São Paulo. Minha ida coincidiu com a abertura da Casa do Elefante Rosa no Brasil, o ‘Delirium Café – São Paulo‘ que hoje é uma das mais bem sucedidas franquias da marca belga. Era o local perfeito para começar meu projeto.

Ali iniciou algo que eu vi que me daria muito prazer fazer, a conversa, a recepção por ser um creator e claro, a cerveja.
O Junk Wars começou a dar certo, e sua primeira parceria foi com uma cerveja nova-iorquina, a ‘Brooklyn Brewery‘ que um amigo representava no Brasil e fez a conexão.

Em uma viajem ao Rio de Janeiro, (lembra a garrafa da primeira foto né) comprei uma cerveja artesanal local a ‘Cidade Imperial‘ (esse nome é perfeito para um projeto com Stomtrooper não é mesmo?). Era como se o destino do Junk Wars estivesse ligado a essa cidade. A marca viu minhas fotos, mas eu tinha acabado de retornar a Curitiba, eles me enviaram todos seus rótulos juntamente com um convite para conhecer a cervejaria em Petrópolis.

O TK-Beer, esta sempre nas viagens e roles comigo, já bebeu com grandes nomes da internet. PC Siqueira, Cauê Moura, Cid ‘Não Salvo’, Irmãos Piologo, João ‘Meu Mundo Minha Vida’ e Julio Cocielo.

O projeto sofreu algumas mudanças com o tempo (não só na qualidade da foto rs), quando o criei, pensei nele como publicidade para cerveja, mas percebi que o TK-Beer era uma miniatura minha, e eu não podia limita-lo. Eu podia explorar muito mais se não tivesse sempre um rótulo com ele, pois eu não tenho rótulo. Uso o Junk Wars para mostrar de forma exagerada algo que me aconteceu, o TK-Beer é meu arquétipo.
Bem, agora você nos conhece um pouco, e vamos estar sempre aqui no Tommo dividindo algo que nos aconteceu durante o cotidiano não tão cotidiano assim.
Bem-vindo a tropa!

https://www.instagram.com/junkwars/?hl=pt-br