A Associação de Imprensa Internacional anunciou mudanças nas regras de elegibilidade do Globo de Ouro por conta do coronavírus. Antes os votantes precisavam comparecer a exibições oficiais dos filmes na área de Los Angeles.

Com o fechamento dos cinemas nos EUA, as distribuidoras devem entrar em contato com a HFPA (Hollywood Foreign Press Association) para marcar uma data de exibição à distância e, até lá, fornecer DVDs e links para que os votantes assistam aos longas em casa. Essa regra vale de 15 de março até o dia 30 de abril, período que pode ser revisto e estendido, dependendo da evolução da pandemia.

Outra regra anterior dizia que os longas precisavam ser exibidos em cinemas na área de Los Angeles para concorrer ao Globo de Ouro. Agora, no entanto, as produções que estavam com lançamentos marcados entre 15 de março e 30 de abril podem ser exibidas na TV e continuarão válidas para o prêmio. A HFPA ressalta que avaliará a aplicação das regras caso a caso e que pode anunciar novas medidas de acordo com a evolução do vírus.

Desde o começo da pandemia do coronavírus, várias áreas do entretenimento foram afetadas com o adiamento de estreias, paralisação de produções e cancelamento de grandes eventos.