Hortelino Trocas-Letras não terá seu rifle na nova animação de Looney Tunes, disponível na plataforma de streaming HBO Max. Segundo um dos produtores executivos da série, Peter Browngardt, a decisão foi em resposta à violência armada nos EUA.

“Nós não faremos armas. Mas podemos fazer violência cartunesca, TNT, coisas de Acme”, explicou o executivo.

Browngardt explicou, no entanto, que apesar de refletir questionamentos da sociedade moderna, a nova série de Looney Tunes não perderá seu espírito característico:

“Estamos passando por esta onda contra bullying, que todos precisam ser amigos, todos precisam se dar bem. Looney Tunes é o contrário disso. São dois personagens em conflito, muitas vezes sendo bem violentos”.

Na semana passada, foi revelado que Looney Tunes Cartoons é a produção mais querida entre os assinantes do novo streaming, superando o interesse do público em séries como Família Soprano e Game of Thrones.

A plataforma reunirá conteúdo das emissoras HBOTNTTBSTurner Classic Movies (TCM) e CW, dos canais de animação Cartoon NetworkRooster TeethAdult Swim e Crunchyroll, e também todo o line-up da Warner Bros., incluindo New LineLooney TunesCNN e DC.

A data de lançamento da plataforma no Brasil ainda não foi anunciada.