Em ação mundial criada para facilitar a empatia e a compreensão do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam, em inglês), a Netflix separou 70 de seus conteúdos em duas diferentes coleções de séries, filmes e documentários produzidos, estrelados e dirigidos por pessoas negras. As produções serão divididas em público adulto e infantil.

Acreditamos que a Netflix pode impactar positiva e diretamente a vida das pessoas por meio das nossas histórias. A coleção Vidas Negras Importam fala sobre a injustiça racial e a experiência negra – e esperamos que o destaque desses títulos ajude a aumentar a empatia e a compreensão“, afirmou a Netflix por meio de sua assessoria.

Voltada ao público adulto, a coleção Vidas Negras Importam contém 46 títulos, incluindo Minha História, A Gente Se Vê Ontem, A 13ª Emenda, Cara Gente Branca e Quem Matou Malcolm X?. Já a coleção infantil, Todos Incluídos, traz 24 produções como Reunião de Família, Motown Magic, Criando Dion e A Grande Luta.

Ambas as coleções estão disponíveis desde a 0h (horário de Brasília) desta quarta-feira (10).

Em 25 de maio de 2020, George Floyd, já sob custódia foi sufocado até a morte pelo oficial com o joelho e o assassinato foi filmado por pessoas em volta. A brutalidade da ação gerou uma onda de protestos ao redor do país e diversas empresas do ramo do entretenimento repudiaram o racismo demonstrado pela polícia